IGA – Instituto Gnóstico de Antropologia de Portugal

O Instituto Gnóstico de Antropologia (IGA) é uma associação cultural, de âmbito internacional, sem fins lucrativos, cuja finalidade é a difusão, estudo e prática da Gnose Eterna, tendo como fundamento o legado doutrinário deixado pelo V. M. Samael Aun Weor. Possui uma Sede Mundial e Institutos em vários países do mundo. Realiza Congressos Internacionais, de dois em dois anos, com objetivo de congregar seus afiliados em torno da sabedoria, orientações e práticas para o despertar da consciência e plenitude do SER. Possui quatro Monastérios onde se realiza Cursos de Missionários e Retiros Espirituais. Em em alguns países possui Centros de Retiros Espirituais que realizam, várias vezes por ano, encontros para estudo e práticas gnósticas, em especial meditação.

O I.G.A. trabalha estes objetivos em diversas vertentes: Filosofia – Ciências – Arte – Mística, as quatro colunas em que se apoia o conhecimento gnóstico.

O IGA Portugal oferece as seguintes condições para realizar seus cursos e atividades:

  • Dispõe de cinco sedes para curso presenciais, que trabalham, de forma clara e didática, todos os temas da Sabedoria Gnóstica, quer do ponto de vista teórico, quer prático;
  • Organiza vários eventos, como: conferências, jornadas e convenções a nível nacional; 
  • Promove visitas arqueológicas e atividades na natureza, afins com os estudos gnósticos.
  • Proporciona cursos online (iga.gnose.portugal@gmail.com)

Painel 1

Fundadores

M. Samael Aun Weor

(1917-1977)

O Venerável Mestre Samael Aun Weor  foi o grande místico iluminado de século XX. A sua vida ficou marcada por um intenso amor à humanidade, consagrando-a por isso à divulgação dos seus ensinamentos através de mais de 60 obras entre: livros, centenas de conferências, entrevistas, criação de grupos de estudo, sempre de forma altruísta, buscando o desenvolvimento ético e espiritual do ser humano.

Seus ensinamentos ficaram conhecidos como “a Doutrina da Síntese” e, esta Doutrina deu Origem ao 5º Evangelho, denominado: “A Revolução da Consciência”, com seus três fatores perfeitamente definidos: 1º Nascer, 2º Morrer, 3º O Sacrifício pela Humanidade. Com esta Doutrina ficou revelado e perfeitamente adaptado à nossa época o essencial da Sabedoria Eterna das antigas “Escolas de Mistérios”, que se consubstancia em dois níveis:

1- O estabelecimento das bases para uma nova cultura e a civilização fundada nos Valores do Espírito, como: o Amor, a Justiça, a Verdade e a Sabedoria;

2- Exposição da metodologia exata que permite, a quem a pratica, transpor os limites humanos e realizar em si mesmo a transmutação do “chumbo” da personalidade no “ouro” do Espírito.

V.M. Litelantes

(1920 – 1998)

“Esta Dama-Adepto, esposa-sacerdotisa do V.M. Samael Aun Weor, goza de Consciência Contínua e através de inumeráveis reencarnações conseguiu eduzir e fortalecer certas faculdades ocultas que, entre outras coisas, lhe permitiram recordar as suas vidas passadas e a história do planeta e das suas Raças. Foi a direta colaboradora do V. M. Samael Aun Weor; descobriu os estados Jinas mencionados por Mário Roso de Luna e Arnoldo Krumm Heller e colaborou com o Mestre Aun Weor na investigação científica dos elementares vegetais que figuram no “Tratado de Medicina Oculta”. Atuou como Diretora Mundial do Instituto Gnóstico de Antropologia de 1977 a 1998.

Esta Dama-Adepto é um dos 42 Juízes do Karma; é absolutamente silenciosa e, como jamais se vangloria dos seus poderes e conhecimentos, os pedantes desta época esgotaram toda a sua baba difamatória contra ela.

O Guru Litelantes trabalha anônima e silenciosamente no palácio dos Senhores do Karma. Esta Dama-Adepto é a Alma Gémea do Venerável Mestre Aun Weor e, através de inumeráveis reencarnações tem sido a sempre a companheira do Mestre.

Esta poderosa vidente tem na sua mente toda a sabedoria dos séculos e, com as suas faculdades clarividentes, colaborou com o Mestre Aun Weor, estudando os distintos departamentos elementares da Natureza.”*

* Palavras do V.M. Samael Aun Weor na sua Mensagem de Natal de 1954

 

Painel 2

Gnose

Gnose significa conhecimento. Contudo, não se trata de um conhecimento comum. Trata-se de um tipo de conhecimento singular, extraordinário, superior. A Gnose é a Luz interior que nos permite sondar os Grandes Mistérios da vida e do Universo e encontrar a resposta para as perguntas fundamentais da nossa existência, como:

Quem sou? De onde venho? Para onde vou? O que é a vida? O que é a morte? Qual o sentido da existência? O que é a Realidade? O que é a Verdade?

A Gnose é, portanto, eterna e universal, inerente à própria existência humana.

Por isso, em todas as eras houve homens e mulheres de todas as raças e culturas que se lançaram na busca épica do Conhecimento, da Gnose ou, se preferirmos, de gerar a Luz dentro de si mesmos, convertendo-se assim em iluminados. Este foi o caso de Krishna, Rama, Buda, Zoroastro, Moisés, Jesus, Maomé, Samael, etc.

Painel 3

Próximos Eventos

 
O IGA Portugal, com muita alegria, convida todos a participarem da:
 
II Jornada de Práticas Gnósticas – dia: 17/10/2021 – em Famalicão.
 
Faça a sua reserva, veja os contatos na divulgação abaixo.
 
 
 
PROGRAMAÇÃO DA II JORNADA DE PRÁTICAS GNÓSTICAS
 
 
 
CURSO NO IGA – PORTO II, COM DANIELA PIMENTEL